Vem Vento

O medo o leva à reflexão e à percepção de que é necessário ter um caminho a seguir e um mestre que o conduza.

Descrição

Enquanto Pingo adormece, mergulha em sua trajetória interior, sonhando que é um barquinho, inicialmente sem um condutor, que navega do rio para o mar atrás da encantadora flor Irupê.

Nesse percurso, entra em contato com vários elementos desconhecidos, até então inofensivos. Por conta de sua ansiedade, continua à deriva e se depara com um grande obstáculo: a tempestade, que quase o faz naufragar.

O medo o leva à reflexão e à percepção de que é necessário ter um caminho a seguir e um mestre que o conduza. A história de Pingo pode ser comparada à trajetória de um indivíduo em seu processo de educação.

O espetáculo “VEM VENTO” obteve no Festival Nacional de Pindamonhangaba 5 prêmios: Melhor Espetáculo, Melhor Pesquisa de Linguagem, Melhor Cenário, Melhor Figurino e Melhor Iluminação e foi selecionado pelo SESI para uma turnê no interior do Estado de São Paulo.

Ficha técnica

Direção: Marcio Pimentel
Elenco: Carlos Meloni, Luciana Capossi e Reinaldo Fusco

Assistir peça